filha de mil mulheres (2018)

by clau aniz

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.
    Purchasable with gift card

      name your price

     

1.
berro 06:06
eu quero o gosto da tua pele e o ar que sai do teu pulmão o som da tua voz quando a tua alma transborda aflição eu vou decorar minha sala com o teu amor e me alimentar todos os dias da tua dor quero meu sangue correndo na tua veia talvez assim no meu amor você creia vem ver vem ver vem ver o meu mundo, vem ver vem ver vem ver só cabe você eu quero ser o começo e o fim da linha pra você a tua única direção o único desejo das tuas mão pra quem tua boca não sabe dizer não vem ver vem ver vem ver o meu mundo, vem ver vem ver vem ver só cabe você
2.
se te interessa me esquecer cria teu próprio personagem de mim diga que eu estava por aí com outros homens sendo tudo que não fui pra ti diga a todos que eu sou igual a todo mundo que você já conheceu e que você se arrepende de ter deitado na mesma cama que eu se te convém, pode fantasiar noites que eu estava sabe-se lá com quem pode dizer eles nunca vão saber que eu estava com você fale aos quatro ventos que eu nunca soube te cuidar diga que viveu uma mentira tão maior do que a cena que você está a criar
3.
ana luisa 05:12
no amansar do dia encadeada da vida palavra sobre partida e o breu desse lugar que me pertenceu pinta minha sorte nas cores da noite do sertão me deixo navegar para longe d'onde minh'alma está me deixo em cada olhar e olho atenta as sendas que hei de guardar meu coração plantado à tantas mãos na calçada de casa florescerá fará sombra aos olhos amigos que ajudaram a cultivar o novo eu na velha carcaça me deixo navegar para longe d'onde minh'alma está me deixo em cada olhar e olho atenta as sendas que hei de guardar
4.
romana 08:14
vem me ver que eu tô com saudade do teu carinho e da nossa desordem diz porque à noite do meu caminhos os teus olhos fogem é, às vezes eu queria ser a dona de toda a tua poesia é, vai ver eu já sou só você não notou eu te vejo dentro das minhas horas tentando se esquivar mas eu sei que você volta mesmo jurando não ser o seu lugar é, eu sou tua poesia os teus versos de pura agonia é, não adianta fugir se já me alastrei em ti
5.
montanhesa 05:49
longa estrada é mulher é rude é pedra é chão é céu da boca queimado em plenitude é meu o mundo ou dele sou? sou senhora de mim mãe terra mostrou sinto os caminhos que me atravessam as ruas que me rasgam minhas janelas me ferem pra trazer clarão sou essa estrada a pedra o chão sou água sou imensidão filha de mil mulheres crescida no sal olhando pro céu floresta num barco animal abissal sem culpa sem dor ancestral
6.
voyage roset 07:29
7.
corpo que nada até a beira sorriso de segunda feira gota de chuva dançando na tua nuca rio doce vai me levar pra ver olinda gargalhar de pés na areia e mãos desatadas colorido feito eu e você pernambuco quer te ver de coração desnudo experimentando o mundo vai arrasta a trança no chão e me puxa pela mão que eu vou me chama pra ver a tarde nessa rua que arde que eu vou
8.
ererê 05:08
é que eu sou dessa gente que dança descalça, descabelada de sonho eu quero provar do mar dessa cidade de céu risonho é que eu sou dessa gente risonha descalça, descabelada do mar eu quero provar do sonho dessa cidade de céu que dança desgarra de mim eu sou da rua eu sou assim solta desgarra de mim eu vou a pé eu vou assim solta é que eu toco guitarra desligada e meu riso faz barulho pra valer eu vivo pelas calçadas vendo a vida chover é que eu toco pelas calçadas e meu riso às vezes faz chover eu vivo desligada toco guitarra pra viver desgarra de mim eu sou da rua eu sou assim solta desgarra de mim eu vou a pé eu vou assim solta
9.

credits

released May 18, 2018

Clau Aniz - voz, guitarra e clarinete
Ayrton Pessoa - piano e synth
Caio Castelo - baixo
Júnior Quintela - bateria e percussão
Yuri Costa - guitarra e synth
Flavia Cabral - voz em "montanhesa"
Apá Silvino - voz em 'ererê'
Vitor Colares - guitarra e voz em "quero te guardar nesse lugar bonito que é o mundo"
Fernando Lélis - sax em "ana luisa" e "ererê"; flauta em "mamulengo forasteiro"
Renan Ramos - trompete em "romana" e "berro"

Produção colaborativa - Clau Aniz, Júnior Quintela e Yuri Costa
Gravado e mixado por Felipe Couto no Quintal Estúdio
Masterizado por Klaus Sena no Klaus Haus Estúdio

Fotografias: Taís Monteiro
Design: Johann Freitas

Produção executiva: Mercúrio Música

Fortaleza, Ceará, Brasil
Maio de 2018

license

all rights reserved

tags

about

Mercúrio Música CE, Brazil

Mercúrio Música (Fortaleza, Ceará) é uma proposta de selo voltado para ações colaborativas com artistas das diversas cenas do campo musical.
A ideia passa pela gestão colaborativa de projetos diversos, dentre lançamento de álbuns, produção de shows e outras possibilidades.
Faz parte do coletivo Mercúrio - Gestão, Produção e Ações Colaborativas.
... more

contact / help

Contact Mercúrio Música

Streaming and
Download help

Report this album or account

If you like filha de mil mulheres (2018), you may also like: